jusbrasil.com.br
22 de Outubro de 2020

Mala da Maternidade - Advogada que é mãe...

Você que é advogada e está se preparando para o nascimento do seu filho... Fica uma dica de como arrumar a mala do bebê, da mãe e até do pai...

Layla Palmyra Boy Rodrigues, Advogado
há 7 meses

Existem DICAS para quando você está se preparando para ser mãe... Uma delas é a MALA DA MATERNIDADE... é sobre isso que vamos falar hoje!


É importante saber que você tem que se preparar para o dia do nascimento do seu filho, quando mais você estiver preparada, MENOS VOCÊ VAI SE DESESPERAR, pois sabe que vai dar tudo certo no final.


(Foto de MikesPhotos--1860391)


Uma das coisas mais legais e mais importante é preparar a MALA da maternidade. Existem algumas mulheres que desejam este momento mais que tudo e outras que sabem que precisam ter a mala, querendo ou não prepará-la.


Para isso, vou dar algumas dicas que podem te ajudar.


a) TIPO DE MALA:


- você pode optar por comprar aquele conjunto de mala para bebê que é muito convencional e comum, ele vem normalmente com três malas de tamanhos diferentes e que serão usados durante todo o período em que a criança for pequena. A mala da maternidade normalmente, deste conjunto, é a maior. Estas malas tem o benefício de serem fáceis de identificar, bonitas (podem ser até personalizadas) e com as divisões certas para cada coisa do bebê recém nascido. O valor médio do conjunto varia, mas é possível achar a partir de R$ 200,00 em lojas especializadas.

- você pode optar por uma mala infantil, mas sem ser de conjunto, normalmente elas são fáceis de identificar, bonitas (podem ser até personalizadas) e com as divisões certas para cada coisa do bebê recém nascido. O valor médio do conjunto varia, mas é possível achar a partir de R$ 100,00 em lojas especializadas.

- você pode, assim como eu, optar por uma MALA DE VIAGEM DE MÃO. Sim, eu não queria gastar com mala do bebê porque não é algo que eu vou usar com frequência, então achei que poderia economizar nesta parte e resolvi usar uma mala de mão que eu tinha (gastei quando comprei a mala R$ 140,00). É uma mala com rodinhas e puxador, de maneira que eu não precisava carregar ela.

A mala é importante e é importante você saber que terá que carregar ela, portanto, opte por aquela que melhor se adeque a suas necessidades, isso é, se você quer carregar no ombro, na mão ou empurrar (se ela tiver rodinhas). Lembrando que você vai carregar na entrada e na saída (quando você estará mais sobrecarregada e cansada). Logo, é importante sim, decidir o tipo de mala que você quer carregar!


b) O QUE COLOCAR NA MALA DO BEBÊ:

Antes de mais nada, é preciso saber que o tipo de parte faz diferença na quantidade de objetos a serem postos na mala. No parto normal a mãe tende a ficar internada 48 horas (2 dias), já na cesária a mãe tende a ficar internada 72 horas (3 dias). Porém, o período pode se estender dependendo do estado da mãe.


Lembrando que a alta da mãe e do filho são feitas de forma separada, dependendo da saúde de cada um deles e que será verificada pelo médico.


Muito bem, levando em consideração tais fatos é recomendado separar o quanto segue:


- 5 body’s – 4 de manga cumprida e 1 de manda curta

- 5 calças

- 2 casaquinhos

- 5 fraldas de algodão grandes

- 5 fraldas de boca

- 5 pares de meias

- 2 pares de luvas (mas você pode transformar as meias em luvas também)

- 2 toucas

- saída da maternidade (se tiver – que consiste em 1 body, 1 calça, 1 casaquinho, 1 par de luvas, 1 par de meias e 1 touca, além de uma manta)

- uma coberta/manta


(Foto de TerriC--4014469)


Nossa, tudo isso? Sim, tudo isso, pois sempre haverá imprevistos, então mesmo que você fique só dois dias na maternidade, é bom ter uma reserva.


Como devo organizar? Eu recomendo que você compre saquinhos de embalar transparentes (existem “sacos maternidade” que são lindos, bordados e etc, mas são casos, se não quiser gastar com isso, use saquinhos de embalagem).


Você vai colocar em cada saquinho: 1 body, 1 calça, 1 fralda grande de algodão, 1 fralda de boca e 1 par de meias.


Em um saquinho separado você vai colocar os 2 pares de luvas e as 2 toucas. Assim como em um saquinho separado vai colocar a “saída da maternidade”.



No final, ETIQUETE cada saquinho com o que ele tem e coloque ainda uma etiqueta informando quando o saquinho deve ser usado, seguem os exemplos: “Roupa após o 1º banho”, “Roupa dia 1”, “Roupa dia 2”, “Saída da maternidade”, “Touca e luvas”, “Manta”. Assim, quem estiver te acompanhando na maternidade não precisará ficar perguntando qual roupa colocar no seu filho, assim como vai facilitar muito o trabalho da enfermagem.


Fralda, pomada, algodão, álcool 70 e itens de higiene...


Bom, cada hospital age de uma forma específica com relação a isso. A primeira coisa que você deve fazer é LIGAR no Hospital e questionar se a maternidade fornece: fralda, pomada, algodão, álcool 70 (para o coto) e lenço umedecido durante TODA A INTERNAÇÃO, caso forneça fique tranquila, caso não forneça, segue a lista:


- 15 fraldas descartáveis

- 1 pacote de algodão

- 1 pacote de cotonete

- álcool 70 para limpar o coto

- 1 pacote de lenço umedecido

- shampoo para recém nascido


Alguns itens vão sobrar após a internação, mas é melhor levar o pacote fechado para que ele se mantenha limpo até o nascimento do seu filho.


Se possível coloque todos estes produtos em um saco, para proteger os mesmos.



c) O QUE COLOCAR NA MALA DA MÃE:


Não basta a mala da criança, a mãe tem que ter uma mala com tudo o que ela vai precisar. Cada mulher sabe dos itens que mais irá necessitar, mas segue abaixo uma lista que pode ajudar muito:


- 4 camisolas ou pijamas de alça (para facilitar a amamentação eu recomento que tenha alça, pois assim é só abaixar a alça)

- 4 sutiãs de amamentação, se tiver interesse

- uma roupa para sair da maternidade

- uma blusa ou um hobby para vestir por cima do pijama, caso receba visitas

- absorventes pós parto ou absorvente noturno grande

- itens de higiene: escova de dente, pasta, sabonete, shampoo e condicionador, creme e etc.

- chinelo ou pantufa

- carregador de celular (se tiver um extra já deixe na mala)


Se quiser colocar em sacos para facilitar a sua vida é bom, mas não é necessário. Lembre-se você vai estar tão ocupada com o seu filho que pode ser bom deixar já tudo separado.



d) O QUE COLOCAR NA MALA DO PAI:


Naquela correria de resolver tudo, vocês podem não perceber, mas o pai muitas vezes ficará com você do momento do parto até sua saída, então é bom que o acompanhante tenha pelo menos uma muda de roupa na mala (uma calça, camisa, cueca, itens de higiene, meias e um pijama). Se possível colocar uma blusa, por causa do ar-condicionado do hospital.


Assim, pelo menos ele não será pego desprevenido.


e) QUAIS DOCUMENTOS TER NA MALA


Tenha as seguintes cópias de documentos guardadas em na mala:


- cópia dos documentos pessoais da mãe

- cópia da certidão de casamento, caso seja casada

- uma declaração escrita a mão de união estável, caso seja companheira

- cópia de um comprovante de endereço


(Foto de Vidal Balielo Jr.)


Estas dicas facilitam e muito sua vida quando for internada para o nascimento do seu filho.


Ah, caso você tenha feito enfeite para a porta da maternidade e lembrancinhas para as visitas, não esqueça de colocar elas na bolsa maternidade do seu bebê. Já deixe lá, guardadinha, para quando for necessário.


Mais uma coisa, prepare a mala com pelo menos UM MÊS DE ANTECEDÊNCIA DA PREVISÃO O PARTO, pois a partir do término do oitavo mês, qualquer momento é momento para o seu filho querer nascer, mesmo que você tenha planejado fazer uma cesária.


Por fim, lembre-se você só pode sair da maternidade se seu filho estiver devidamente instalado no BEBE CONFORTO, hoje em dia as maternidades não liberam a criança se ela não estiver no bebe conforto.


Assim, ficam nossas dicas de mala maternidade!


(Foto de Laura Garcia)

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)